Estatuto Social

Ampliada Nacional da PJ acontece em Crato (CE)

Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

Temática recorda realidade do sertão brasileiro e a identidade dos membros da Pastoral

A diocese de Crato (CE) recebe, desde o dia 22 de janeiro, a Ampliada Nacional da Pastoral da Juventude (ANPJ). Recordando a realidade do interior do Nordeste brasileiro e a identidade dos membros da Pastoral, a temática proposta é “SerTãoPJ: Romper barreiras, renovar a esperança e celebrar a vida”. Cerca de 120 agentes participam das atividades.

 Ampliada Nacional da PJ acontece em Crato (CE)O primeiro compromisso dos participantes foi a missa na Catedral Nossa Senhora da Penha, presidida pelo bispo diocesano, dom Gilberto Pastana de Oliveira, ainda no domingo. No ofertório, a equipe de mística propôs a apresentação de símbolos e frutos da evangelização das juventudes pelo Brasil. O hino oficial, escolhido pelos agentes e de autoria das agentes cearenses Amanda Luiz e Aline Nobre, embalou os primeiros momentos da Ampliada. Itaibele Pereira, que é delegada pela PJ no regional Oeste 2 da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), disse que a poesia da música “ecoou no coração e fez surgir mais forte o sentimento de fazer uma semana cheia de frutos e flores”. A música é inspirada na cultura e religiosidade local, além de buscar trechos da obra de Guimarães Rosa. A Flor de Mandacaru, que representa tão fortemente a realidade do Ceará, está presente em vários trechos do hino.

Na segunda-feira, os pejoteiros deram início às atividades em oração pelos lugares “onde pisam os pés, a cabeça pensa e o coração ama”. A chamada “mesa institucional”, acolheu dom Gilberto Pastana, a secretaria nacional da PJ, Aline Ogliari; a assessora nacional da PJ, irmã Tomelina Barbosa; a coordenadora da PJ no regional Nordeste 1, Ludmylla Yanna, e o coordenador diocesano da PJ em Crato, Licaon Rocha.

Para dom Gilberto, a realização da Ampliada já é de grande importância para a juventude. “É essa partilha que constrói a vida, a juventude e a igreja” disse o bispo que acolhe pela segunda vez uma Ampliada da Pastoral. Quando foi bispo de Imperatriz (MA), dom Gilberto recebeu o evento em 2011. Ampliada Nacional da PJ acontece em Crato (CE)

Na ocasião foi lida carta de saudação do bispo de Caxias do Maranhão (MA) e presidente da Comissão Episcopal Pastoral para a Juventude da CNBB, dom Vilsom Basso, que saudou a juventude pejoteira, lembrou do seu carinho especial com a PJ e convidou a Ampliada a ir além das ações habituais.

Nestes dias de evento, os jovens já recordaram as realidades das juventudes no Brasil, realizaram dinâmicas e momentos de mística. Na metodologia do ver, julgar e agir, continuaram as atividades com a oração popular voltada para a reflexão. O primeiro passo do julgar foi uma caminhada rumo ao Horto do Padre Cícero, em Juazeiro do Norte (CE).

O ponto de peregrinação recebeu os jovens em clima de reflexão mística da iluminação bíblica da ANPJ: “Ide anunciar aos meus irmãos que se dirijam para a Galileia. Lá eles me verão” (Mt 28, 10b). Do alto do Horto, um dos maiores centros de romaria do Nordeste e do Brasil, o grupo contemplou a cidade de Juazeiro e fez memória das situações juvenis experimentadas em suas diversas realidades.

Os jovens também trataram de questões estruturais e de serviços oferecidos pela PJ e lançaram o subsídio “Bora falar de Pastoral da Juventude?”, um material para ser lido e estudado em rodas de conversas. Além de rodas de conversa sobre os elementos do material “Somos Igreja Jovem”, o subsídio traz a íntegra da carta do papa Francisco para a PJ e outros anexos.

Fonte: CNBB