Estatuto Social

Pastoral do Turismo implanta experiência inédita de Turismo Comunitário

Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

Esta é a primeira experiência de Turismo Religioso de Base Comunitária do Brasil

A Pastoral do Turismo da Arquidiocese de Salvador está articulando a implantação da primeira experiência de Turismo Religioso de Base Comunitária do Brasil. Este é o resultado da união entre a Secretaria de Turismo do Estado da Bahia e a Paróquia Nossa Senhora dos Alagados e São João Paulo II, no bairro que em 1980, recebeu a visita do santo polonês que inaugurou a igreja paroquial e recebeu homenagens de várias pessoas.

No dia 17 de fevereiro aconteceu a reunião de sensibilização dos moradores do Bairro do Uruguai, em Salvador (BA). Cerca de 30 paroquianos escutaram atentos a explicação da turismóloga Sabrina Levandovsk, responsável por acompanhar as 40 experiências de Turismo de Base Comunitária no estado da Bahia, e se animaram com a possibilidade de ter uma melhora na qualidade de vida através do turismo religioso que já vem acontecendo no bairro.

O Bairro do Uruguai, em Salvador, ficou famoso por sua pobreza extrema e pelas palafitas que colocavam em risco os moradores, especialmente crianças. Desde a visita histórica de São João Paulo II a realidade começou a mudar, fato que é reconhecido por todos os habitantes locais. O lugar é considerado "Terra Santa" pelos baianos. Ali a Bem-Aventurada Dulce dos Pobres iniciou o seu trabalho caritativo e Santa Teresa de Calcutá implantou a primeira comunidade das Irmãs de Caridade no Brasil. Os três são considerados patronos da comunidade.

De acordo com o coordenador da Pastur, padre Manoel Filho, com esta iniciativa a Pastur une a dimensão religiosa e de promoção humana da evangelização, além de promover um turismo socialmente responsável defensor da ecologia integral e anunciador de um novo mundo possível. “É uma nova forma de fazer turismo que respeita as culturas tradicionais e as comunidades”, afirmou.

 Com informações da Pastur

Fonte: Rádio Vaticano