Estatuto Social

A Igreja Maronita celebrará a “Jornada dos Mártires das Igrejas Orientais”

Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

O 31 de julho, no âmbito do Ano do Martírio e dos Mártires, proclamado pelo Patriarca Bechara Boutros Raï

(ZENIT – Roma, 17 Jul. 2017).- A Igreja Maronita celebrará no próximo dia 31 de julho a “Jornada dos Mártires das Igrejas Orientais”, no âmbito do Ano do Martírio e dos Mártires, proclamado pelo Patriarca Bechara Boutros Raï, para recordar aqueles que perderam a vida por sua fé em Jesus Cristo.

A decisão de dedicar o último mês de julho à celebração dos mártires das Igrejas Orientais foi confirmada na sexta-feira 14 de julho, por ocasião do encontro entre o Presidente libanês Michel Aoun e um Comitê patriarca, recebido pelo Chefe de Estado no Palácio presidencial de Baabda, em Beirute, informou a Radio Vaticano.

Os membros do Comitê presidido pelo bispo de Batrum, Mounir Khaïrallah, foram até o Presidente para convidá-lo oficialmente para o encontro programado para o domingo 30 de julho na sede patriarcal de verão em Diman, por ocasião da apresentação da Enciclopédia dos Mártires das Igrejas do Oriente, obra do Padre Elias Khalil.

O Ano do Martírio e dos Mártires, proclamado pela Igreja Maronita, teve início em 9 de fevereiro, dia da festa de São Marun, e se concluirá em 2 de março de 2018.

Fonte: ZENIT