Estatuto Social

Encerramento do VIII Centenário do Perdão de Assis, será presidido pelo cardeal Parolin

Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

Milhares de jovens da XXXVII Marcha franciscana vão peregrinar à Porciúncula

(ZENIT -Roma, 21 Jul. 2017).- A solene celebração de encerramento do VIII Centenário do Perdão de Assis, será presidida em 2 de agosto, pelo cardeal Secretário de Estado Pietro Parolin. Aberto em 2 de agosto passado pelo Cardeal Gualtiero Basseti foi enriquecido com a peregrinação privada do Papa Francisco,

A celebração deste ano é precedida pelo Tríduo de preparação pregado pelos Ministros Gerais das três Ordens masculinas. Pelos Frades Menores Capuchinhos presidirá o Vigário Geral.

Programa:
Às 11 horas do dia 1° de agosto, o Ministro Geral dos Frades Menores Padre Michael A. Perry presidirá à solene celebração eucarística que será concluída com a Procissão da “Abertura do Perdão” – assim chamada porque a partir daquele momento até às 24 horas do dia 2 de agosto, a Indulgência Plenária concedida à Porciúncula diariamente se estende a todas as igrejas paroquiais espalhadas no mundo, incluindo todas as igrejas franciscanas.

Na parte da tarde as Primeiras Vésperas serão presididas – ao final da peregrinação da Diocese de Assis – pelo Bispo Dom Domenico Sorrentino. Seguirá, como de costume, a oferta de incenso pela Prefeita de Assis, Stefania Proietti.

A Vigília de oração à noite, com procissão luminosa, será guiada pelo Secretário da Congregação dos Institutos de Vida Consagrada, Dom José Rodriguez Carballo.

E em 2 de agosto o dia da grande festa, marcado por celebrações eucarísticas de hora em hora, entre as quais aquelas presididas pelo Cardeal Parolin, pelo Bispo Sorrentino e pelo Padre Claudio Durighetto, Ministro Provincial dos Frades Menores da Úmbria.

Também a chegada de milhares de jovens da XXXVII Marcha franciscana “Um passo além” – que junto com os frades e irmãs – irá à Porciúncula para rejubilar-se na Misericórdia do Pai.

À noite, um concerto da Banda da Gendarmaria Vaticana, que será seguido por um espetáculo de fogos de artifício na Praça da Porciúncula.

Durante os dias da Festa, dezenas de confessores estarão à disposição os penitentes nos locais de culto em Assis.

Fonte: ZENIT