Estatuto Social

Padre Reis, confirmado reitor do Pontifício Colégio Pio Brasileiro em Roma

Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

Geraldo dos Reis Maia para mais um triênio (2017-2020). Comunicados os nomes dos demais membros da equipe diretora do Colégio

(ZENIT – Ciudad del Vaticano, 24 Ago. 2017).- O cardeal Beniamino Stella, prefeito da Congregação para o Clero recebeu do cardeal Sergio da Rocha, presidente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), a confirmação do nome do padre Geraldo dos Reis Maia para mais um triênio (2017-2020) como reitor do Pontifício Colégio Pio Brasileiro, em Roma.

No documento publicado nesta quarta-feira pela da CNBB, o presidente dos bispos também comunica a homologação dos nomes dos demais membros da equipe diretora do Colégio.

A confirmação da nova direção foi feita em observância às normas estatutárias da CNBB e do Pontifício Colégio Pio Brasileiro. Os nomes também foram aprovados pelo Conselho Permanente da entidade que se reuniu dia 21 de junho deste ano.

Composição da equipe: Padre Geraldo dos Reis Maia, da arquidiocese de Uberaba (MG), reitor; padre Domingos Barbosa Filho, da diocese de Oeiras (PI), nomeado Diretor de Estudos; padre Jairo Luiz Gusberti, da diocese de Caxias do Sul (RS), como Diretor Espiritual; e padre Leandro Miguel Chiarello, da arquidiocese de Porto Alegre (RS), como ecônomo.

O Pontifício Colégio Pio Brasileiro é um colégio sediado em Roma (Itália) sob a direção da CNBB e administrado por um Conselho de Direção, dedicado à formação permanente de presbíteros diocesanos. Os presbíteros estudantes realizam estudos de pós-graduação no campo da Teologia, da Filosofia e de outras ciências afins, nas várias Universidades e Institutos de Roma.

Por meio dessas especializações e de várias outras atividades, os estudantes buscam o aperfeiçoamento de sua formação presbiteral. Depois, ao voltarem para o Brasil, uma vez terminados seus estudos, os padres se dedicam ao trabalho pastoral, seja nos seminários como professores e formadores, seja atuando em outras áreas: na pastoral paroquial, assessorias, pesquisa e na ação missionária

Fonte: ZENIT