Estatuto Social

Aparecida: Dom Murilo e as manifestações desta sexta-feira

Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

Aparecida (RV) – O segundo dia das atividades da 55ª Assembleia Geral da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil que se realiza no Santuário Nacional de Aparecida começou com a Santa Missa na Basílica, presidida pelo Núncio apostólico no Brasil, Dom Giovanni D’Aniello e concelebrada pelos novos bispos.

Os trabalhos da Assembleia continuaram no Centro de Eventos Padre Vítor Coelho de Almeida e se centralizaram nesta manhã sobre o tema central dedicado à iniciação cristã.

A “Iniciação à vida cristã no processo formativo do discípulo missionário de Jesus Cristo”, busca corresponder aos desafios pastorais identificados neste ano pela missão da Igreja e acima de tudo procurando por em pratica as diretrizes gerais da Ação evangelizadora que nos convocam a ser Igreja: casa da iniciação cristã.

Outro tema ainda em exposição as celebrações do Ano Nacional Mariano e a comemoração dos dez anos da Conferência do Conselho Episcopal Latino-Americano (Celam), realizada aqui em Aparecida, em 2007.

Dom Joel Portela Amado, Bispo auxiliar do Rio de Janeiro falou sobre a conjuntura eclesial no plenário da Assembleia. Nós conversamos com ele.

Entretanto, movimentos sociais e sindicatos de todo o Brasil marcam para esta sexta-feira, dia 28 de abril, uma greve geral contra as reformas da Previdência e trabalhista apresentadas pelo Poder Executivo e em tramitação no Congresso Nacional.

Sobre esse momento brasileiro conversamos como Arcebispo de Salvador e Vice Presidente da CNBB, Dom Murilo Krieger.

De Aparecida, SP, para a Rádio Vaticano, Silvonei José

Fonte: Rádio Vaticano