Estatuto Social

Jesuítas elegem Pe. Arturo Sosa, venezuelano, como Superior-geral

Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

Cidade do Vaticano (RV) – Padre Arturo Sosa Abascal, venezuelano, é o novo Prepósito Geral da Companhia de Jesus. Depois de quatro dias de “murmurationes” – oração e discernimento sobre o perfil do novo Superior-geral - os 212 delegados dos quase 17 mil jesuítas do mundo elegeram na manhã desta sexta-feira, 14 de outubro, o sucessor do Padre Adolfo Nicolas, que renunciou aos 80 anos.

"Sinto que preciso de muita ajuda. Começou um grande desafio. Esta é a Companhia de Jesus, então Jesus deverá ajudar-nos tendo muito o que fazer aqui conosco. Eu confio nos meus confrades que são muito bons, mas que a Congregação nos leve adiante com um bom grupo de trabalho e com orientações muito precisos porque este não é um trabalho de uma só pessoa, é um trabalho do corpo da Companhia. Eu farei o melhor possível, estou muito surpreso, muito grato ao Senhor e rezo por todos" .

Padre Arturo Sosa nasceu em Caracas em 12 de novembro de 1948, entrou na Companhia em 1966 e foi ordenado sacerdote em 1977. Atualmente era o delegado do Superior para as Casas Internacionais. Tem doutorado em ciências políticas na Universidade Central da Venezuela. O 30º sucessor de Santo Inácio fala espanhol, italiano, inglês e entende o francês. 

É a primeira vez na história da Igreja Católica que um padre geral da Companhia é eleito durante o Pontificado de um Papa jesuíta. Respeitando a tradição, o primeiro a ser comunicado sobre o nome do eleito foi o Papa Francisco.

A 36ª Congregação-geral anunciou a eleição por volta das 11h30, tocando os sinos da Cúria Generalícia, no Borgo Santo Spirito. 

(CM)

Fonte: Rádio Vaticano