Estatuto Social

Nigéria: cai teto de uma igreja evangélica, 160 mortos

Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

Abuja (RV) - Pelo menos 160 pessoas morreram neste sábado (10/12), em Uyo, sul da Nigéria, devido a um teto de uma igreja evangélica, ainda em construção, que desabou sobre os fiéis.

Segundo testemunhas locais, na Reigners Bible Church estava em andamento a cerimônia de consagração do fundador Akan Weeks. A cerimônia contava centenas de fiéis. 

Os operários da construção da igreja, nos últimos dias, aceleraram os trabalhos para permitir a realização da cerimônia. Centenas de pessoas, dentre as quais o governador do Estado de Akwa Ibom, Udom Emmanuel, estavam presentes na igreja quando as traves de metal do teto cederam e caíram sobre os fiéis. O governador e o Emmanuel e bispo Weeks saíram ilesos. Segundo fontes locais, o número de vítimas poderá aumentar. 

No norte do país três pessoas morreram e 11 ficaram feridas depois de dois atentados terroristas, no último sábado (10/12), em que foram usadas duas meninas de sete e oito anos. O ataque ocorreu numa feira de Maiduguri, capital do Estado de Borno, muitas vezes mira das milícias jihadistas de Boko Haram. 

Segundo um membro das milícias civis locais, as duas meninas se aproximaram das barraquinhas dos vendedores de ave e uma delas acionou o explosivo. A segunda, explodiu quando estava chegando os socorristas. 

Na última sexta-feira, 45 pessoas morreram num atentado numa feira de Madagali, no Estado de Adamawa. Estas tragédias são geralmente obra de Boko Haram que desde 2009 causou 20 mil mortos. 

(MJ)

Fonte: Rádio Vaticano