Estatuto Social

Visita "ad Limina" dos bispos irlandeses: sexta-feira encontrarão o Papa

Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

Cidade do Vaticano (RV) - Esta segunda-feira (16/01) teve início a visita “ad Limina” dos bispos irlandeses, no Vaticano, onde na próxima sexta-feira encontrarão o Papa Francisco e os responsáveis dos dicastérios da Santa Sé para uma avaliação da vida da Igreja no país do oeste da Europa.

Antes de iniciar a visita, na manhã de segunda-feira os bispos e os administradores diocesanos das 26 circunscrições eclesiásticas da ilha celebraram uma missa no túmulo de São Pedro, na Basílica Vaticana, presidida pelo arcebispo de Armagh e primaz de toda a Irlanda, Dom Eamon Martin, refere a agência Sir.

Lutas internas podem destruir a harmonia

“Temos consciência das pressões e das lutas que afligem nosso povo. Sabemos que as lutas internas podem destruir a harmonia, que os lobos por vezes atacam o rebanho, e que a pesada responsabilidade do cuidado do rebanho recai sobre nossas costas.”

“Mas se tudo isso fosse deixado exclusivamente a nós, sabemos em nossos corações que inevitavelmente faliríamos como pastores, o rebanho se dispersaria e a comunhão se esfacelaria. Mas não é assim”, disse o Arcebispo Martin. “Aqui, no túmulo de São Pedro, encontramos a consolação na certeza de que o Senhor escolheu Pedro” e rezou por ele, acrescentou.

Oração pelos sacerdotes da Irlanda

Em seguida, o arcebispo primaz convidou os bispos a rezar “de modo especial” pelos sacerdotes na Irlanda: “Todos temos a peito o ministério e o bem-estar deles. Temos consciência de que o número deles se torna cada vez menor, de que aumenta o peso do trabalho e de que as situações pastorais se tornam cada vez mais difíceis. Hoje agradecemos a Deus pela capacidade deles de resistir à fadiga, de dedicação e generosidade”. (Sir - RL)

Fonte: Rádio Vaticano