Estatuto Social

Santa Sé encoraja trabalho de membros e voluntários da Ordem de Malta

Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

Cidade do Vaticano (RV) - Em relação aos eventos destas últimas semanas concernentes à Ordem Soberana Militar de Malta, a Santa Sé deseja reiterar seu apoio e encorajamento ao louvável trabalho que membros e voluntários realizam em várias partes do mundo, no cumprimento das finalidades da Ordem: a “tuitio fidei” (a defesa da fé) e o “Obsequium pauperum” (o serviço aos pobres, aos doentes e às pessoas mais vulneráveis): é o que afirma um comunicado da Sala de Imprensa da Santa Sé.

A Santa Sé, em apoio e incremento desta generosa missão, confirma sua confiança nos cinco componentes do Grupo constituído pelo Santo Padre em 21 de dezembro de 2016, nomeados com a finalidade de informá-lo sobre a crise da atual Direção central da Ordem, “e recusa, baseada na documentação em sua posse, toda e qualquer tentativa de depreciar suas figuras e a obra”, lê-se ainda.

Ademais, “a Santa Sé confia na plena colaboração de todos nesta fase tão delicada e espera o relatório do referido Grupo para adotar, naquilo que lhe compete, as decisões mais oportunas para o bem da Ordem Soberana Militar de Malta e da Igreja”, conclui o comunicado da Sala de Imprensa vaticana.

Fonte: Rádio Vaticano