Estatuto Social

Estocolmo: sinos de todas as igrejas tocam pelas vítimas de atentado

Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

Estocolmo (RV) – A segunda-feira (10) foi de luto em toda a Suécia, com bandeiras hasteadas a meio mastro nos edifícios públicos.

Ao meio-dia, o minuto de silêncio “para homenagear as vítimas do terror tanto de Estocolmo como do resto do mundo” foi acompanhado do som de sinos que tocaram em todas as igrejas.

No atentado de sexta-feira (7) passada, no centro da capital, quatro pessoas morreram e 15 ficaram feridas. Um suspeito de ter sido o motorista do caminhão que atropelou um grupo de pedestres no centro da capital foi detido pela polícia.

Segundo explica um comunicado oficial no site da cidade, os sinos tocaram em sintonia e, nos jardins de Estocolmo, foi realizada uma cerimônia comemorativa e transmitida ao vivo pela televisão. Na ocasião estava presente a família real, o primeiro-ministro Stefan Lofven e a prefeita Karin Wanngard. Segundo ela, “o medo não vai reinar, o terror não poderá vencer. Devemos continuar a construir com gentileza e com a abertura que caracterizam a nossa cidade. Se assim o fizermos, o terrorismo perderá.”

No domingo (9), a praça central da cidade, a Sergels Torg, foi invadida por 20 mil pessoas para uma grande “manifestação para o amor”. Às 14h53, exatamente 2 dias depois do atentado, os participantes se deram as mãos numa longa rede humana para um outro minuto de silêncio. (SIR/AC)

Fonte: Rádio Vaticano