Estatuto Social

Espanha: Papa autoriza ano Jubilar para as Clarisas de Soria

Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

Por ocasião dos 75 anos da exposição permanente de Jesus Eucarístico. “Aquí el Amor es amado” será o lema do Ano Jubilar

(ZENIT -Roma, 21 Jul. 2017).- O Papa Francisco, por meio da Penitenciaria Apostólica, concedeu um Ano Jubilar às Irmãs Clarissas de Sória, Espanha. O Pontífice autorizou a celebração por ocasião dos 75 anos da exposição permanente de Jesus Eucarístico. Este tempo de graça será aberto pelo Bispo de Osma-Soria, Dom Abilio Martínez Varea, na sexta-feira 11 de agosto, festividade de Santa Clara de Assis e se prolongará até 11 de agosto de 2018.

Foi a então Abadessa da comunidade –a hoje Venerável Madre Clara Sánchez de la Concepción– que viu a necessidade de manter permanente exposto o Santíssimo Sacramento em sua comunidade de irmãs pobres de Santa Clara. Assim, desde 11 de agosto de 1942, Jesus Eucarístico é adorado dia e noite, permanecendo a Igreja de Santo Domingo de Sória aberta das 7 da manhã às 9 da noite. “São muitas as pessoas que neste templo, diante da Eucaristia, encontram paz e consolo”, explicou o bispado.

A comunidade das Irmãs Clarissas destacou que, por ocasião da celebração destes 75 anos, deseja estender e incentivar a adoração e o amor a Jesus Sacramentado, e atrair muitas almas para ele, para que possam usufruir e enriquecer-se da graça jubilar. “Nós nos rejubilamos nos ideais que deixou Madre Clara, declarada Venerável em 3 de abril de 2014. Ela viveu neste convento desde 1922 até 1973, ano em que faleceu repentinamente, e o Espírito Santo infundiu nela um amor ardente por Jesus na Eucaristia e para retornar às fontes do carismas clariano”, afirmou uma religiosa da comunidade. O Bispado, por sua vez, sublinhou que depois de passar privações e viver na pobreza, depois de ter superado inumeráveis dificuldades, Madre Clara recebeu a permissão do bispo para a exposição permanente do Santíssimo.

Assim, naquele 11 de agosto de 1942 teve início a exposição permanente do Santíssimo e desde então a Comunidade das Clarissas, os fiéis sorianos e muitos visitantes da cidade que conhecem e amam a Eucaristia, “vem à nossa Igreja de Santo Domingo para adorar a Jesus Sacramentado”. Com a celebração deste Ano Jubilar, se pretende que os fiéis de toda a Diocese aprofundem a fé e busquem uma maior aproximação aos Sacramentos, em especial o da Reconciliação e a Eucaristia. Ademais, durante o Ano Jubilar, se poderá lucrar a Indulgência Plenária peregrinando à Igreja de Santo Domingo de Sória e rezando diante de Jesus Eucarístico e cumprindo as condições estabelecidas, como a Confissão sacramental, comunhão e oração nas intenções do Sumo Pontífice.

“Aquí el Amor es amado” será o lema do Ano Jubilar. Esta frase era pronunciada pela Venerável Madre Clara diante do clamor de São Francisco de Assis que, sofrendo pela indiferença de muitos, repetia frequentemente: “O amor não é amado!”.

Fonte: ZENIT