Estatuto Social

Papa consternado com tragédia na Ilha da Madeira que matou 13

Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

Cidade do Vaticano (RV) – O Papa enviou uma mensagem ao Bispo do Funchal, Dom António Carrilho, expressando a sua "consternação" pela tragédia ocorrida na freguesia do Monte, quando a queda de uma árvore sobre fiéis que se preparavam para participar de uma procissão, matou 13 pessoas e deixou dezenas de feridos.

Na mensagem, publicada na página da Diocese do Funchal na tarde de quinta-feira, o Pontífice lamenta a “desgraça verificada na Paróquia de Nossa Senhora do Monte” e “assegura a sua proximidade espiritual aos feridos e a todos os atingidos por esta tragédia.

As vítimas da queda de uma árvore de grande porte na terça-feira, dia 15 de agosto, participavam nas celebrações em honra de Nossa Senhora do Monte, consideradas como um dos acontecimentos religiosos mais importantes do Arquipélago da Madeira.

13 pessoas perderam a vida e 49 ficaram feridas, 7 das quais continuam internadas no Hospital Dr.º Nélio Mendonça, no Funchal, em estado considerado grave, mas estável.

O Papa transmite na sua mensagem o seu “pesar às famílias” que perderam os seus entes queridos.

Francisco “confia os irmãos falecidos ao amor misericordioso de Deus” e faz votos de que “os feridos e todos os atingidos”, famílias e populações, possam receber “o apoio e a solidariedade” necessárias “para superarem esta prova”.

A mensagem do Santo Padre foi enviada ao bispo do Funchal pelo Núncio Apostólico em Portugal, Dom Rino Passigato.

(Com informações da Agência Ecclesia)

Fonte: Rádio Vaticano