Estatuto Social

Las Vegas: oração inter-religiosa une a cidadania

Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

Las Vegas (RV) - "Nossos corações estão com todos.

Estamos rezando por aqueles que foram feridos, aqueles que perderam a vida, pelo pessoal médico e pelos primeiros socorredores que, com bravura e sacrifício de si, ajudaram tantos. Também estamos muito encorajados com as histórias de todos os que se ajudaram neste momento de crise".

"Como o Evangelho do dia nos lembra, somos chamados a ser os bons samaritanos de hoje. Continuamos a orar por todos em Las Vegas e em todo o mundo, cujas vidas são destruídas por eventos de violência cotidiana. Neste dia, dos Anjos da Guarda, convidamos todos a se unirem a nós em uma oração inter-religiosa na Catedral dos Anjos da Guarda às 17h para rezarmos pela cura e pelo fim da violência”.

É a declaração divulgada pelo bispo de Las Vegas, Joseph Pepe, após o massacre ocorrido na noite de domingo em um festival de música country na cidade, que deixou mais de 50 mortos. O Papa Francisco definiu o ocorrido como uma "tragédia sem sentido".

Autoria não confirmada pela polícia

O grupo Estado Islâmico (EI) reivindicou a autoria do ataque. Segundo o grupo terrorista, o agressor, identificado como Stephen Paddock, de 64 anos, há meses teria se convertido ao Islã. No entanto, até o momento a polícia de Las Vegas não confirmou a ligação com o EI.  

Morador de Mesquite, no estado de Nevada, ele teria se matado antes da chegada da polícia, que precisou conduzir uma explosão controlada para entrar nas acomodações.

O saldo de mortes, que a polícia enfatizou ser uma estimativa preliminar, faria do ataque o pior massacre a tiros da história dos Estados Unidos. 

(cm)

Fonte: Rádio Vaticano