Estatuto Social

Indígenas peruanos batizam floresta em homenagem ao Papa Francisco

Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

A comunidade indígena nativa de Boca Pariamanu, no Peru, entregou nesta segunda-feira, 18 de dezembro, ao Ministério do Ambiente do país (MINAM) a ata na qual acordaram nomear 1800 hectares de suas terras como “Floresta Papa Francisco” (“Nihii Eupa Francisco”, na língua nativa da etnia amahuaca).

A área da floresta Amazônica que homenageia o Santo Padre, em reconhecimento a sua preocupação pelo cuidado e conservação do meio ambiente, situa-se na região Madre de Dios, que receberá o Papa Francisco no dia 19 de janeiro de 2018.

A ata será entregue de presente ao Papa Francisco para que o Pontífice conheça as ações de proteção e conservação da floresta, realizadas pela aldeia, e que buscam ser reflexo do pedido feito pelo Santo Padre na Encíclica “Laudato Si”, sobre o desafio urgente de proteger “nossa casa comum” e entender que o meio ambiente e o ser humano formam uma aliança integral, ecológica e indivisível.

A Comunidade Boca Pariamanu é formada por 180 habitantes agrupados em 20 famílias e é a única da etnia amahuaca na região de Madre de Dios.

O Papa Francisco visitará o Peru entre os dias 18 a 21 de janeiro, após sua visita apostólica ao Chile. No roteiro estão as cidades de Porto Maldonado, Lima e Trujillo.

Fonte: CNBB