Estatuto Social

Segunda - Feira, 25 de Maio de 2015 - 2ª-feira da 8ª Semana Tempo Comum

Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

Cor: Verde

Leituras do Dia


1ª Leitura - Eclo 17,20-28 (Gr 24-29)
Salmo - Sl 31, 1-2. 5. 6. 7 (R. 11a)
Evangelho - Mc 10,17-27
Reflexão - Mc 10, 17-27

1ª Leitura - Eclo 17,20-28 (Gr 24-29)

20Aos arrependidos Deus concede o caminho de regresso,
e conforta aqueles que perderam a esperança,
e lhes dá a alegria da verdade.
21Volta ao Senhor e deixa os teus pecados,
22suplica em sua presença
e diminui as tuas ofensas.
23Volta ao Altíssimo, desvia-te da injustiça
e detesta firmemente a iniqüidade.
24Conhece a justiça e os juízos de Deus
e permanece constante no estado em que ele te colocou,
e na oração ao Deus altíssimo.
25Anda na companhia do povo santo,
com aqueles, que vivem e proclamam a glória de Deus.
26Nóo te demores no erro dos ímpios,
louva a Deus antes da morte;
o morto, como quem não existe, já não louva.
27Louva a Deus enquanto vives;
glorifica-o enquanto tens vida e saúde.
louva a Deus e glorifica-o nas suas misericórdias.
28Quão grande é a misericórdia do Senhor,
e o seu perdão para com todos aqueles
que a ele convertem!
Palavra do Senhor.

Salmo - Sl 31, 1-2. 5. 6. 7 (R. 11a)

1Feliz o homem que foi perdoado *
e cuja falta já foi encoberta!
2Feliz o homem a quem o Senhor +
não olha mais como sendo culpado, *
e em cuja alma não há falsidade!R.

5Eu confessei, afinal, meu pecado, *
e minha falta vos fiz conhecer.
Disse: "Eu irei confessar meu pecado!" *
E perdoastes, Senhor, minha falta.R.

6Todo fiel pode, assim, invocar-vos, *
durante o tempo da angústia e aflição,
porque, ainda que irrompam as águas, *
não poderão atingi-lo jamais.R.

7Sois para mim proteção e refúgio; *
na minha angústia me haveis de salvar,
e envolvereis a minha alma no gozo *
da salvação que me vem só de vós.R.

Evangelho - Mc 10,17-27

 


Naquele tempo:
17Quando Jesus saiu a caminhar, veio alguém correndo,
ajoelhou-se diante dele, e perguntou:
"Bom Mestre, que devo fazer para ganhar a vida eterna?"
18Jesus disse: "Por que me chamas de bom?"
Só Deus é bom, e mais ninguém.
19Tu conheces os mandamentos:
não matarás; não cometerás adultério; não roubarás;
não levantarás falso testemunho;
não prejudicarás ninguém;
honra teu pai e tua móe!"
20Ele respondeu: "Mestre, tudo isso
tenho observado desde a minha juventude".
21Jesus olhou para ele com amor, e disse:
"Só uma coisa te falta:
vai, vende tudo o que tens e dá aos pobres,
e terás um tesouro no céu.
Depois vem e segue-me!"
22Mas quando ele ouviu isso, ficou abatido
e foi embora cheio de tristeza,
porque era muito rico.
23Jesus então olhou ao redor e disse aos discípulos:
"Como é difícil para os ricos entrar no Reino de Deus!"
24Os discípulos se admiravam com estas palavras,
mas ele disse de novo:
"Meus filhos, como é difícil entrar no Reino de Deus!
25É mais fácil um camelo passar pelo buraco de uma agulha
do que um rico entrar no Reino de Deus!"
26Eles ficaram muito espantados ao ouvirem isso,
e perguntavam uns aos outros:
"Então, quem pode ser salvo?"
27Jesus olhou para eles e disse:
"Para os homens isso é impossível, mas não para Deus.
Para Deus tudo é possível".
Palavra da Salvação.

Reflexão - Mc 10, 17-27

O evangelho de hoje nos apresenta, no caso do jovem rico, um grave erro que pode ocorrer na vida de todos nós no que diz respeito à questão da salvação e que se refere ao sujeito da salvação. Às vezes, a gente escuta que as pessoas devem esforçar-se para se salvarem e eu penso que eu devo conseguir me salvar. Ora, ninguém salva a si próprio. Eu não posso ser o meu salvador. Os discípulos perguntaram: "Quem então poderá salvar-se?" A resposta de Jesus é: "Para os homens isso é impossível, mas não para Deus. Para Deus, tudo é possível". Não podemos confiar a nossa salvação nem em nós mesmos, nem nos outros e nem nos bens materiais, pois nada ou ninguém, a não ser o próprio Deus, podem nos salvar.

Fonte: CNBB