Estatuto Social

Quinta - Feira, 28 de Maio de 2015 - 5ª-feira da 8ª Semana Tempo Comum

Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

Cor: Verde

Leituras do Dia


1ª Leitura - Eclo 42,15-26 (Gr. 15-25)
Salmo - Sl 32,2-3. 4-5. 6-7. 8-9 (R. 6a)
Evangelho - Mc 10,46-52
Reflexão - Mc 10, 46-52

1ª Leitura - Eclo 42,15-26 (Gr. 15-25)

A obra do Senhor está cheia da sua glória. 15Vou recordar as obras do Senhor,
vou descrever aquilo que vi.
Pelas palavras do Senhor foram feitas as suas obras,
de acordo com a sua vontade realizou-se o seu julgamento.
16O sol brilhante contempla todas as coisas,
e a obra do Senhor está cheia da sua glória.
17Os santos do Senhor não são capazes
de descrever todas as suas maravilhas.
O Senhor todo-poderoso as confirmou,
para que tudo continuasse firme para sua glória.
18Ele sonda o abismo e o coração,
e penetra em todas as suas astúcias.
19Pois o Altíssimo possui toda a ciência
e fixa o olhar nos sinais dos tempos;
Ele manifesta o passado e o futuro
e revela as coisas ocultas.
20Nenhum pensamento lhe escapa
e nenhuma palavra lhe fica escondida.
21Pôs em ordem as maravilhas da sua sabedoria,
pois só Ele existe antes dos séculos e para sempre.
22Nada lhe foi acrescentado, nada tirado,
e Ele não precisa de conselheiro algum.
23Como são desejáveis todas as suas obras
brilhando como centelha que se pode contemplar!
24Tudo isso vive e permanece sempre,
e em todas as circunstâncias tudo lhe obedece.
25Todas as coisas existem aos pares, uma frente à outra,
e Ele nada fez de incompleto:
26uma coisa completa a bondade da outra,
quem, pois, se fartará de contemplar a sua glória?
Palavra do Senhor.

Salmo - Sl 32,2-3. 4-5. 6-7. 8-9 (R. 6a)

2Dai graças ao Senhor ao som da harpa, *
na lira de dez cordas celebrai-o!
3Cantai para o Senhor um canto novo, *
com arte sustentai a louvação!R.

4Pois reta é a palavra do Senhor, *
e tudo o que ele faz merece fé.
5Deus ama o direito e a justiça, *
transborda em toda a terra a sua graça.R.

6A palavra do Senhor criou os céus, *
e o sopro de seus lábios, as estrelas.
7Como num odre junta as águas do oceano, *
e mantém no seu limite as grandes águas.R.

8Adore ao Senhor a terra inteira, *
e o respeitem os que habitam o universo!
9Ele falou e toda a terra foi criada, *
ele ordenou e as coisas todas existiram.R.

Evangelho - Mc 10,46-52

Senhor, que eu veja!
Naquele tempo:
46Jesus saiu de Jericó,
junto com seus discípulos e uma grande multidão.
O filho de Timeu, Bartimeu, cego e mendigo,
estava sentado à beira do caminho.
47Quando ouviu dizer que Jesus, o Nazareno,
estava passando, começou a gritar:
"Jesus, filho de Davi, tem piedade de mim!"
48Muitos o repreendiam para que se calasse.
Mas ele gritava mais ainda:
"Filho de Davi, tem piedade de mim!"
49Então Jesus parou e disse: "Chamai-o".
Eles o chamaram e disseram:
"Coragem, levanta-te, Jesus te chama!"
50O cego jogou o manto, deu um pulo e foi até Jesus.
51Então Jesus lhe perguntou:
"O que queres que eu te faça?"
O cego respondeu: "Mestre, que eu veja!"
52Jesus disse: "Vai, a tua fé te curou".
No mesmo instante, ele recuperou a vista
e seguia Jesus pelo caminho.
Palavra da Salvação.

Reflexão - Mc 10, 46-52

Existem muitas pessoas que passam por sérias dificuldades e sofrimentos, que resultam em exclusão social. O Evangelho de hoje nos mostra uma realidade muito triste: a maioria das pessoas que são excluídas da sociedade também são excluídas da Igreja e do próprio relacionamento com Deus. Vemos que os seguidores de Jesus, que deveriam contribuir com ele para que houvesse a inclusão de todos no Reino são os primeiros que excluem o cego Bartimeu, pois querem que ele se cale. O Evangelho de hoje exige de todos nós um sério exame de consciência sobre os nossos valores e sobre a forma como nós vemos a religião e o seguimento de Jesus para que, em nome dele, não excluamos ninguém. O Mestre chama, conduzamos até ele.

Fonte: CNBB