Estatuto Social

Sábado, 05 de Setembro de 2015 - Sábado da 22ª Semana Tempo Comum

Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

Cor: Verde

Leituras do Dia


1ª Leitura - Cl 1,21-23
Salmo - Sl 53,3-4. 6.8 (R. 6a)
Evangelho - Lc 6,1-5
Reflexão - Lc 6, 1-5

1ª Leitura - Cl 1,21-23

Deus vos reconciliou
para vos apresentar como santos, imaculados. Irmãos:
21E vós, que outrora éreis estrangeiros
e inimigos pelas manifestas más obras,
22eis que agora Cristo vos reconciliou
pela morte que sofreu no seu corpo mortal,
para vos apresentar como santos, imaculados,
irrepreensíveis diante de si.
23Mas é necessário que permaneçais inabaláveis e firmes na fé,
sem vos afastardes da esperança que vos dá o evangelho,
que ouvistes, que foi anunciado a toda criatura debaixo do céu
e do qual eu, Paulo, me tornei ministro.
Palavra do Senhor.

Salmo - Sl 53,3-4. 6.8 (R. 6a)

3Por vosso nome, salvai-me, Senhor; *
e dai-me a vossa justiça!
4Ó meu Deus, atendei minha prece *
e escutai as palavras que eu digo!R.

6Quem me protege e me ampara é meu Deus; *
é o Senhor quem sustenta minha vida!
8Quero ofertar-vos o meu sacrifício *
de coração e com muita alegria;
quero louvar, ó Senhor, vosso nome, *
quero cantar vosso nome que é bom!R.

Evangelho - Lc 6,1-5

Por que fazeis o que não é permitido em dia de sábado? 1Num sábado, Jesus estava passando
através de plantações de trigo.
Seus discípulos arrancavam e comiam as espigas,
debulhando-as com as mãos.
2Então alguns fariseus disseram:
"Por que fazeis
o que não é permitido em dia de sábado?"
3Jesus respondeu-lhes:
"Acaso vós não lestes
o que Davi e seus companheiros fizeram,
quando estavam sentindo fome?
4Davi entrou na casa de Deus,
pegou dos pães oferecidos a Deus e os comeu,
e ainda por cima os deu a seus companheiros.
No entanto, só os sacerdotes podem comer desses pães."
5E Jesus acrescentou:
"O Filho do Homem é senhor também do sábado."
Palavra da Salvação.

Reflexão - Lc 6, 1-5

É muito fácil a gente ver o que as pessoas estão fazendo e, a partir da aparência dos seus atos e de princípios previamente estabelecidos, emitir os nossos juízos e opiniões. O Evangelho de hoje mostra para nós os erros que podemos incorrer com este tipo de comportamento. Podemos fazer com que Deus se torne o grande opressor da humanidade, porque é um grande ditador e está à espera para punir a todos os que lhe desobedecem e não um Pai amoroso e podemos também deixar de olhar a realidade das pessoas e as suas motivações, que podem modificar profundamente a nossa opinião a respeito delas.

Fonte: CNBB