Estatuto Social

Carta Natal

Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

São Paulo, Festa da Imaculada Conceição de Nossa Senhora de 2009. 

Aos Grupos Executivos Regionais

Grupos Executivos Diocesanos

Cursilhistas de todo o Brasil

Amados irmãos e irmãs:

Que as promessas de paz e de perdão do Pai ao enviar ao mundo o seu Filho amado possam cumprir-se em cada um e em cada uma de vocês e em suas famílias e comunidades! 

Aproxima-se  mais uma celebração do Natal de Nosso Senhor Jesus Cristo. Na verdade, se for considerada essa celebração a partir do novo ano litúrgico iniciado no domingo – 27/11 – o próximo Natal será, já, o de 2010. Mas não reside  aí a grandiosidade ou o profundo significado da festa. Está, isto sim, na magnitude do mistério que, de natureza divina, não só absorve também o humano nele se entranhando, mas revela toda a grandeza de um Deus Criador que se aniquila abaixa para assumir as fraquezas e mazelas de suas criaturas, menos o pecado.

Pois é neste clima do Nascimento da Palavra eterna, clima tanto do divino mistério quanto de sua inexplicável revelação da parte de Deus Pai, que o Grupo Executivo Nacional do MCC do Brasil tem a alegria de desejar a todos que estas santas celebrações marquem profundamente com o selo da Encarnação e do Nascimento do Verbo, suas vidas, suas famílias, suas comunidades, tanto as eclesiais como as ambientais e, é claro, o próprio Movimento de Cursilhos do Brasil. Alegria, também, por tudo aquilo que, assistidos continuamente pela graça de Deus, conseguimos levar adiante neste ano de 2009, o primeiro (VER) do Tríduo preparatório para o Jubileu de Ouro do MCC no Brasil (2012): nossos projetos de vida testemunhando a Palavra e, também, o nosso engajamento na missão evangelizadora do MCC. De maneira muito especial, queremos manifestar a nossa  alegria ao percebermos nascimento, em alguns GEDs e graças ao esforço perseverante de alguns irmãos, de “pequenas comunidades de fé nos ambientes” ou, se se quiser, dos núcleos ambientais. Constituindo elas o carisma do Movimento de Cursilhos, vêem ao encontro dos anseios dos nossos Pastores, no Documento de Aparecida que, ao tratar da Pastoral Urbana, com palavras muito incisivas, exorta-nos, discípulos e missionários que queremos ser: “Aposte mais intensamente na experiência de comunidades ambientais, integradas em nível supra-paroquial e diocesano” (DA 517 letra f).

Não podemos deixar de manifestar, ainda, nesta oportunidade única da celebração do Nascimento de Jesus, e início do segundo ano (JULGAR) do nosso Jubileu, nossa esperança, mormente por se tratar do “Relançamento do MCC” ou, de sua revitalização missionária através do mesmo MCC à luz do Documento de Aparecida. Temos certeza de que todos nos empenharemos profundamente na concretização do nosso carisma e dos nossos objetivos como movimento eclesial que somos. Sem dúvida, uma nova celebração do Nascimento de Jesus deverá ser de estímulo e motivação mais do que suficiente para que o MCC no Brasil encontre todos os caminhos mais adequados para o seu próprio “Relançamento” ou revitalização, como se preferir.

Neste contexto de Natal e de início de um novo ano, não podemos deixar de dirigir uma palavra de esperança e de estímulo aos nossos queridos jovens do MCC. Somos testemunhas dos esforços e da dedicação de tantos deles para organizar-se num clima de verdadeira comunhão no carisma e no espírito do Movimento e com seus GERs e GEDs. O Primeiro Encontro de Formação de Representantes Jovens do MCC que acabamos de celebrar com extraordinário êxito neste último domingo – 06/12 – aqui em São Paulo, constitui-se numa garantia de entusiasmo e de comprometimento de uma esforçada “peregrinação nos caminhos do relançamento do MCC no Brasil”. Por isso, falamos de esperança, ainda que o jovem não seja somente uma esperança – que é esperar o que ainda há de vir – mas sim uma realidade cuja responsabilidade é injetar um novo ânimo e um sangue novo na missão evangelizadora que lhes cabe no seio do MCC do Brasil.

Renovando nossos mais fervorosos votos de Santo Natal e de um ano de 2010 abençoado e evangelicamente fecundo, deixamos para todos vocês o nosso mais carinhoso e “esperançoso” abraço fraterno,

Marum Mellem Jacob Neto - Coordenador Nacional

Antonio Gomes Pereira - Vice Coordenador Nacional

Pe. Jose Gilberto Beraldo - Assessor Eclesiástico Nacional